3 passos para começar a vender pela internet

Você já notou que a rotina mudou e vai mudar muito pelos próximos dias.



Eu já te contei que as vendas online, que já estavam crescendo, dispararam durante a pandemia e tendem a aumentar em 180% conforme a previsão da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCcomm).



Se você ainda não tinha se arriscado no mercado de vendas online, agora não tem mais saída. Pois tenha certeza de uma coisa, a vida não será igual depois deste momento que estamos vivendo.



Você sabia que a maior dificuldade para as pessoas efetuarem as compras online era a falta de hábito e conhecimento sobre as questões de segurança envolvidas, não é?



Mas nestes dias todos foram obrigados a enfrentar seus receios e começaram a consumir pela internet, é isso é um caminho sem volta.



Então, está na hora de diversificar e abrir espaço para esse mercado que vai crescer cada vez mais, independente de quanto tempo as medidas restritivas vão durar.



# Passo 1



O primeiro passo é onde vou disponibilizar meus produtos?
Nós poderíamos dizer para você fazer um site, colocar todos seus produtos ali com preços e as opções de compra etc, mas isso, além de caro, demora. E agora precisamos soluções urgentes.



Então vamos lá!



Veja 5 opções para você efetuar vendas online:

1. Mercado Livre - Esse é o maior marketplace do Brasil e possui milhares de visitantes todos os dias, sendo o 5º site mais acessado do país.



2. Elo7 -O Elo7 também é um marketplace bastante conhecido no Brasil, utilizado principalmente pelos empreendedores do mercado de artesanato.



3. Enjoei – começou para vendas de produtos usados, mas tem crescido bastante nas vendas de produtos novos.



4. OLX – este costuma ter ótimos resultados quando se trata de vendas regionais, aproximando vendedores e compradores da mesma região.



5. Marketplace do Facebook está em alta e vale a pena conferir.




Se você já tem os contatos de seus clientes potenciais, você poderia criar um cardápio ou catálogo digital, que tem um custo bem menor que um website, e enviar aos seus clientes para que possam escolher os produtos e concluir a compra pelo Whatsapp. (Vou mostrar a funcionalidade em outra ocasião, aguarde)





Agora que já definiu quem em qual ou quais canais vai anunciar, fique atento a estas dicas:



# Passo 2 – Criando o anúncio


1. Faça fotos que valorizem o seu produto. (foto poluída x foto limpa)



2. O que você está vendendo precisa estar no anúncio! (vendo banana x promoção imperdível)



3. Faça uma descrição pequena, mas clara do produto. (medidas, peso, cores disponíveis, se tem a pronta entrega ou não)



4. Coloque o preço e condições de pagamento (se você não colocar o preço, muitos não irão perguntar e você perde a venda e mais, com o preço ali, você não perde tempo com aqueles que não estão dispostos a pagar).



5. Coloque seus contatos, email, whatsapp, redes sociais, site...



6. Fique atento e responda a todos questionamentos nos contatos que você disponibilizou. O atendimento é determinante na venda!




E agora você pensa. Ok já esta tudo pronto!



Calma aí! Já pensou como vai receber pelas vendas que você fez?



Então veja 6 aplicativos para receber o seu dinheiro:


1. Ceopag tem um app que substitui as maquininhas, nele você gera o link com o valor e pode encaminhar por whatsapp, Messenger, Instagram ou outra rede social. O cadastro é gratuito, mas o aplicativo não permite movimentações financeiras e serve apenas para o recebimento dos valores.



2. ITI é um app do banco Itaú com cadastro grátis. Pessoas físicas tem isenção de tarifas e com ele é possível tanto transferências quanto pagamentos. O aplicativo também permite receberpagamento à distância via boleto e cadastrar um cartão de crédito.



3. PayPal É um dos apps mais usados para compra e venda de produtos, mas também pode ser aplicado para serviços. O cadastro é gratuito e possui isenção de tarifas para pessoa física, mas não aceita o pagamento via boleto, é necessário o cadastro de um cartão de crédito.



4. PicPay - O cadastro é gratuíto e aceita pagamento via boleto, cadastro de cartão de crédito, além de realizar pagamentos. Este app Rentabiliza o dinheiro parado, mas cobra taxas para compras e transferências nacionais.



5. O pagseguro é muito conhecido, possibilita links de pagamentos em redes sociais, pode usar boleto e o dinheiro também rende, mas essa opção também cobra taxas.



6. Juno permite emitir cobranças por boleto e cartão de crédito, sem precisar de carteira registrada em bancos; Cobrar juros e multa após o vencimento da cobrança; Transferir seu saldo online para qualquer conta bancária ou para outra Conta Juno; Possui taxas, mas é um ótimo recurso também.



Bom, agora é com você.



Comece a divulgar suas vendas e se você ainda usar as suas redes sociais para contar essa novidade, melhor ainda!



Bons negócios.